Pular para o conteúdo

Artigos Recentes

15
jan

Bateria de Lítio

ENTENDENDO O FUNCIONAMENTO:

Hoje em dia, há diversos tipos de bateria, com diferentes tipos de composição química. Por exemplo, a bateria de lítio, que se tornou uma tendência no mercado de uns doze anos para cá. Ela é relativamente mais barata de se fabricar e rende muito mais que outras baterias com composição química diferente.

COMPOSIÇÃO DA BATERIA DE LÍTIO:

A bateria de lítio tem 4 partes internas principais, que são:

Anodo:
Composto por grafite, no qual a carga positiva flui, ou seja, recebe elétrons.

Catodo:
Composto por óxido de cobalto, que seria a parte negativa, a qual cede elétrons.

Separador:
Sua função é separar o óxido de cobalto do lítio. Geralmente ele é composto por um material semipermeável, o qual deixa passar apenas um tipo de elemento – nesse caso, os íons lítio.
Curiosamente, o separador é encharcado com solvente (geralmente éter).

Camada de íons de lítio:
Fica separada do óxido de cobalto.

FUNCIONAMENTO DA BATERIA DE ÓXIDO DE LÍTIO E COBALTO

As lâminas internas, que compõem seu catodo e anodo, são compostas de óxido de cobalto, íons de lítio, cobre e grafite. Quando a bateria entra no processo de descarga, os íons de lítio percorrem do anodo para o catodo, passando através do separador e se ligando ao óxido de cobalto. Quando isso ocorre, sobra basicamente 1 elétron por íon de lítio, o qual é capturado pelo anodo de grafite, que o leva para fora para fornecer carga.

Quando não há mais íons de lítio para serem transportados, a reação química acaba, fazendo com que a energia da bateria esgote.

Quando recarregamos a bateria, o processo inverso ocorre, fazendo os íons de lítio retornar para seu lugar novamente.

Um fato importante a ser salientado, é que uma bateria de lítio jamais deve ser usada até consumir toda sua matéria interna. Por isso, há um circuito inteligente de proteção na bateria, o qual evita que toda carga seja consumida. Deste modo, o composto interno da bateria é preservado para que não seja totalmente consumido e ocasione seu fim.

USO DA BATERIA DE LÍTIO

A bateria de lítio é utilizada em Smartphones, notebooks e câmeras digitais. Nos dias atuais, ela está sendo substituída, gradativamente, pelas de polímero de lítio, as quais tem maior vida útil e permitem ao engenheiro desenvolver produtos mais finos ou com formas diferentes.

9
jan

Economizar energia no verão

Veja as Dicas:

A estação mais quente do ano chegou! Além do calor a estação geralmente traz o aumento na conta de luz, principalmente com as mudanças nas bandeiras tarifárias (definidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica, ANEEL).

Por isso o consumidor precisa ficar atento a seus hábitos, especialmente nessa época do ano, mas com medidas simples, ao alcance de todos em casa, é possível economizar energia no verão, sem perder conforto.

As dicas de como economizar energia no verão valem para evitar o desperdício, nesses tempos de energia mais cara devido aos baixos níveis dos reservatórios e acionamento de térmicas. Confira:

– Usando a geladeira: Faça o teste do papel para saber se a vedação de sua geladeira está 100%. Para saber se a borracha da sua geladeira está vedando como deveria, faça o teste do papel. Coloque uma folha entre a porta e a borracha e feche. Puxe o papel. Se sair facilmente é sinal que a borracha esteja em mal estado. Mas atenção, faça o teste na parte superior, inferior e na lateral.
Não coloque as roupas para secar na parte detrás da geladeira, isso irá forçar o motor e fazer com que sua geladeira consuma mais energia.

– Usando as lâmpadas: Não ligar as luzes durante o dia. Aproveite a iluminação natural. Abra as janelas e cortinas.
Na hora de pintar a casa, escolha cores claras, que refletem melhor a luz e diminuem a necessidade da iluminação artificial. 

– Usando o chuveiro: Use a chave seletora na posição Verão, isso irá reduzir o consumo de energia em até 30%.
Evite banhos demorados.

– Usando o ar-condicionado: Use o controle do ar-condicionado para programar o desligamento uma hora antes do seu despertar pela manhã.
A potência do ar deve ser compatível com o tamanho do ambiente.
Limpe o filtro periodicamente.
Lembre-se sempre de fechar portas e janelas, de modo a evitar que o ar frio escape. Toda vez que isso acontece o ar condicionado gasta mais energia para manter a temperatura ambiente baixa.

– Usando a máquina de Lavar: Junte uma boa quantidade de roupas e lave essas peças todas de uma só vez.

– Usando o ferro elétrico: Junte uma boa quantidade de roupas e utilize o ferro de uma só vez.
Use a temperatura indicada no ferro elétrico para cada tipo de tecido.

– Usando o Ventilador: Os de teto consomem o dobro de energia dos menores, de tomada. Prefira-os.

– Usando Secadoras: Vale lembrar que secadoras de roupa se tornam totalmente dispensáveis nesta época do ano!
Se for necessário, instale um varal extra e aproveite o calor e a luz do sol para secar a roupa lavada.

– Usando Microondas: Os alimentos descongelarão muito mais rapidamente durante o verão. Logo não utilize o microondas para este fim.

– Usando TV e computador: Aparelhos eletrônicos em stand-by consomem energia também, sabia? Por isso, procure remover os aparelhos da tomada, quando não estiverem em uso.
Essa simples mudança já pode ser o suficiente para reduzir em até 10% o consumo de energia elétrica no seu lar.

– Invista em energia solar: Por fim, não poderíamos listar algumas dicas para economizar energia no verão sem encerrar esta discussão com o investimento em energia fotovoltaica.
Afinal de contas, após o investimento inicial, há a possibilidade de não apenas poupar energia, mas de economizar com os créditos a partir da energia solar gerada, mas não utilizada.
Sem falar na baixa manutenção dos painéis solares e, também, da durabilidade deles – muitos com garantia de até 25 anos!

Mais dicas:

  • Chegou a hora de tirar férias? Desligue a chave geral da casa antes de viajar;
  • Durante as férias as crianças e adolescentes também ficam mais em casa, o que pode se traduzir na maior utilização de jogos eletrônicos e computadores. Eduque-os para desligar os monitores quando terminarem de jogar;
  • Sempre prefira eletrodomésticos com selo Procel;
  • Na hora de estudar, prefira spots de luz ao invés de iluminação central, que é mais cara e menos eficiente para esse fim;
  • Troque todas suas lâmpadas por LED.
  • Pinte as paredes com cores claras, que reflitam a luz;
  • Abra cortinas e persianas: deixe a luz entrar na casa;
  • Evite colocar vidros coloridos ou canelados nas suas janelas: eles escurecem mais o ambiente.

E ai, o que achou da matéria?

Conta pra gente nos comentários.

Até a próxima!

Escrito Por:

%d blogueiros gostam disto: