Pular para o conteúdo

Posts da Categoria ‘Arduino’

28
nov

O QUE É FITA KAPTON? PARA QUE SERVE? DICA!

A fita Kapton é um tipo de película adesiva desenvolvida através de um produto conhecido como poliamida, a fita é aplicável para os mais diversos tipos de trabalhos e objetos que necessitam de um revestimento leve e resistente à temperaturas extremas.  A resistência da fita Kapton pode ser provada quando aplicada em temperaturas extremas de -269°C até 400°C (-452°F até 752°F).

Devido a sua combinação original de propriedades, a fita Kapton é ideal para uma variedade de aplicações em muitas áreas diferentes. A habilidade de manter suas propriedades físicas, elétricas e mecânicas, inalteráveis, sobre a variação de temperaturas extrema, abriu sua gama de áreas aplicáveis.

Fita Kapton

A fita kapton é um acessório ideal para bancadas eletrônicas, pois garante ao operador que seus reparos sejam efetuados sem a preocupação de causar danos à placa ou aos seus componentes. Além do que, a fita kapton possui ótima aderência à superfícies variadas, não se deformando nem mesmo em contato com temperaturas elevadas, e com o diferencial de que quando removida, não deixa grudes, resíduos ou sujeiras.

A utilização da fita kapton é ideal para proteger áreas específicas em placas de circuito impresso, inclusive durante o processo de solda por imersão (Cadinho), devido a sua não deformação em alta temperatura e em produtos químicos. Ajuda a proteger componentes sensíveis a variações de temperaturas ou até mesmo trilhas e soldas livres de chumbo, que podem apresentar defeitos se submetido as altas temperaturas.

A fita Kapton pode ser usada em uma enorme e diferente gama de trabalhos e situações.

Sua utilização vai desde a proteção de placas de circuito impresso e componentes durante os processos de Reflow e Reballing, a utilização no revestimento de trajes espaciais, até a isolação de fiação elétrica em aeronaves civis e militares;

Dica: cuidado ao aplicar a fita Kapton em operações de retrabalho em placas de circuito impresso.

                A correta aplicação para essa finalidade é feita de forma com que não haja nenhuma bolha ou extremidade sem contato. Caso haja, o calor aplicado sobre a placa pode danificar componentes.

                Da mesma forma, se aplicado fluxo de solda por exemplo, o mesmo pode entrar por baixo da fita, cancelando suas propriedades adesivas e fazendo com que o calor chegue a componentes que precisem de proteção, além de contaminar toda a área afetada.

E ai, o que achou da matéria?

Conta pra gente nos comentários.

Até a próxima!

Escrito Por:

21
nov

MEDINDO CORRENTE COM ARDUÍNO

Hoje nós vamos ler um sensor de corrente (SCT-013 100A).

SCT-013 100A é uma sensor de corrente não invasivo que pode medir valores de 0 até 100A de corrente alternada através do campo eletromagnético emitido pelo cabo condutor. Sua saída irá emitir corrente que pode variar de 0 a 50mA, dependendo da corrente que passa pelo condutor.

Ele pode ser usado como um alicate amperímetro, verificar o consumo de determinado equipamento, verificar funcionamento de circuitos, dentre várias outras aplicações.

COMO LIGAR O SENSOR DE CORRENTE SCT-013 100A

  • 1 x Placa Arduino (sua preferência);
  • 1 x Sensor de corrente SCT-013 100A;
  • 1 x Protoboard;
  • 2 x Resistores de 10kΩ;
  • 1 x Resistor de 33Ω; (esse valor pode variar se usar um sensor diferente)
  • 1 x Capacitor eletrolítico de 10uF;
  • Jumpers;
  • Display 16×2 com módulo i2c;

            Para fazer a leitura é necessário transformar a corrente de saída do sensor de maneira a ser lida pelo Arduino, melhor maneira é fazer um circuito simples que gera uma tenção que varia de 0 a 5V.

            O sensor normalmente vem com um plug p2 com três contatos, as duas extremidades são as saídas e o meio não tem função.

Esquema de ligação na Protoboard:

Com tudo conectado, baixe as bibliotecas abaixo:

Basta copiar o código abaixo e colar na IDE do seu Arduino:


#include 
#include 
EnergyMonitor emon1;
int pino_sct = A0;
LiquidCrystal_I2C lcd(0x27,2,1,0,4,5,6,7,3, POSITIVE);
void setup()
{
  emon1.current(pino_sct, 60);
 lcd.begin (16,2);
  lcd.setCursor(5,0); // seleciona coluna e linha
  lcd.print("PROESI");
    lcd.setCursor(3,1);
  lcd.print("COMPONENTES");
  delay(2000);
}
void loop()
{
  double Irms = emon1.calcIrms(1480);
  lcd.clear();       // limpa escrita do LCD
  lcd.setCursor(3,0);
  lcd.print("CORRENTE");
  lcd.setCursor(3,1);
  lcd.print(Irms);
  delay(100);
  lcd.clear();
}
}

Passe para o Arduino, coloque o sensor no cabo que deseja verificar a corrente e PRONTO, basta ligar!!

Gostou do nosso post sobre sensor de corrente? Então deixei seu comentário aqui em baixo. Não esqueça de nos seguir nas nossas redes sociais!

Até a próxima!

Escrito Por:

%d blogueiros gostam disto: